Comunicado Importante: Não teremos podcast esta quarta-feira!

pelamordipodcast_comunicado

Excepcionalmente esta quarta-feira não teremos podcast inédito, devido aos nossos compromissos profissionais e pessoais, não conseguimos achar tempo para gravar mais um episódio do nosso programa. Mas você, nosso fiel leitor, não fique triste! A gente volta semana que vem, com mais um bate papo descontraído sobre cultura pop e comportamento.

Whyyyy?

Ainda não ouviu? São episódio de 30 minutos, ótimos para ouvir durante o trabalho, no trânsito, no ônibus, na faxina e até antes de dormir. Para fazer download, basta clilcar no botão com a seta pra baixo.




Curtiu? Tem uma sugestão ou comentário? Comente aqui ou mande um e-mail pra gente no pelamordiblog@gmail.com.

“Querido Pelamordi…”

Advertisements

Podcast #4 – Séries preferidas dos anos 80 e 90

pelamordi_podcast4

Chegou o grande dia! Estávamos esperando a oportunidade de relembrar das séries que “formaram o nosso caráter”, como diria Camila. Seja da época “antes da TV a Cabo” e “Depois da Tv a Cabo”, poucas pessoas nesse mundo não assistiram 1 série sequer. Então pega o café com leite ~porque o podcast de hoje saiu adiantado~ e dá o play:

Como fazer download? Só clicar na setinha para baixo, o arquivo irá direto para seu computador.

pelamordipodcast4_post

E aí, qual a sua série preferida? Quais cenas você nunca esquece? Comente! Seja aqui no post, no nosso Soundcloud e até via e-mail (pelamordiblog@gmail.com), a gente vai ler seu recado na semana que vem, em mais uma edição do podcast.  Ah, claro: podem sugerir pautas, a gente ouve com carinho.

Sério?

 

Kiesza, a cantora que tirou o dance anos 90 do baú da felicidade!

kiesza_pelamordi_ep

Quem acompanha a gente nas redes sociais (4@pelamordi) sabe que volta e meia falamos dela, a Kiesza (pronuncia Cáizá), canadense que já trabalhou para a Marinha e participou de Miss Universo, isso tudo com apenas 25 anos.

Por que ela é tão fascinante? Quem viveu nos anos 90, teve a oportunidade de ouvir artistas como Ace of Base, Corona, La Bouche, Gillette, Double You (ele veio pra Manaus até!) e muitos outros artistas dance, que vestiam roupas de lycra, jeans cintura alta e cantavam músicas com efeitos, pianos e repetições de sílabas. Alguns falavam de sentimentos, corações partidos, noites alucycrazys ou apenas do tamanho do pênis do boy. Era tudo muito divertido.

Quando assisti o videoclipe Hideway (primeiro single dela), parece que fui empurrado num túnel do tempo, aqueles psicodélicos do windows 95. O som, aquela dancinha, aquele look, o design, produção e aquela voz potente, tudo me remetia verdadeiramente à escência da cultura pop-dance 90tista. Como uma passe de mágica, ela tinha me trazido as melhores memórias dessa época.

foto

Já temos o EP “Hideway”, ítem raro! (@diegobtoledano)

Logo depois, apresentei pro Diego e ele prontamente juntou as moedas e pediu o EP pela Amazon, 4 faixas deliciosas, com direito a cover de “What is love” (beibi don rurt me, nó mó) – hino de uma geração, originalmente gravada por Double You – não existe uma pessoa com mais de 20 anos que não lembre dessa faixa. Kiesza simplesmente a “desmontou” e transformou numa linda e emocionante balada.

 Kiesza é uma artistas completa, que conhece música a fundo. Tem um timbre potente e não desafina nem mesmo quando parece faltar fôlego. Ela dança demais, aqueles passinhos de “jazz de escola”, típicos de quando éramos criança. Mas além disso, veste essa identidade do disco como ninguém. Ela realmente é 100% comprometida com a arte dela, o que acho fascinante.

Kiesza-22518-600x900_Kiesza-AWH-5779-Press_124432

Ao vivo no pocket show do iTunes Festival

Até mesmo no primeiro show que assisti, do iTunes Festival, ela comanda quase 40 minutos de pocket show com muita dança, excelentes mashups de músicas de 90 e anima o público jovem, esses que “só dançam se tiver a música no meu iphone, mêo”. Kiesza encanta e surpreende, mas reconhece que a experiência só a tornará mais interessante.

elle-kiesza-nAoMz8-blog

Outra coisa super bacana é que ela tem um instagram muito fofinho (@Kiesza), que nos deixa super próximo do trabalho e pessoa dela (ela até revelou a capa do disco, que se chama “Sound of a Woman”). Assim como Lady Gaga (falamos dela em 2009, antes dela pensar em tocar numa rádio brasileira), Kiesza é uma artista pop que tem muito chão pela frente e estamos torcendo para que seja um caminho que continue nos surpreendendo e divertindo. Sim, já queremos um show dela no Studio 5!

PelamordiVideo #12 – “Rebobinar: anos 80, 90 e 2000” vem relembrar as melhores coisas dessas épocas

“Parece que foi ontem” é um sinal de que os cabelos brancos estão começando a aparecer e que você começa a se questionar cobre coisas “da sua época”. Mas calma, não tem nada de errado nisso! Vim provar para vocês ~queridos leitores~ que Rebobinar é viver  e que você não está sozinho.

Abri meu Baú da felicidade e dividi algumas coisas minhas com vocês, sejam meus CDs, meu amor por Spice Girls e quero saber de vocês quais os Melhores Desenhos, Séries, Filmes de Terror, Filmes da Sessão da Tarde, Videogame e outras coisas do passado preferidas de vocês. Quero saber? Quero!

BannerEvento_Rebobinarsextafeira13_03

Festa Rebobinar: fiquem atentos, o vídeo contém Perguntas e Respostas (#PerguntaPelamordi) sobre a festa e também conto alguns detalhes pra vocês. Com direito a strip-tease de Absolut. Divirtam-se!

Festa “Rebobinar: sexta-feira 13” voltou para relembrar os melhores hists dos anos 80, 90 e 2000!

Poster2

Depois de uma pausa 3 meses, nossa balada pelamordi está de volta, agora com nossa label REBOBINAR (a primeira foi em novembro do ano passado e a segunda em fevereiro deste ano). Como amamos halloween e filme de terror, vamos celebrar a única sexta-feira 13 de 2014, que rola mês que vem. Uma noite para “desenterrar” os melhores hits de rock, pop, indie, dance e guilty pleasure dos anos 80, 90 e 2000. A regra é só uma: relembrar.

1150147_774588969233325_869562650_n 1466278_774588819233340_1757078262_n 1499629_774587405900148_2092364366_n

As últimas edições foram muito boas, eu tenho um xodó especial por essa label pois normalmente vocês chegam lá para se divertir no último nível e muitos curtem ir fantasiados – essa também terá prêmio para MELHOR FANTASIA DE TERROR (individual ou grupo). A melhor ganha nada menos que 1 GARRAFA DE ABSOLUT para usufruir por lá.

Banner_vcdj

A promoção VOCÊ DJ está de volta! Realizamos ela pela primeira vez na Festa Xibata (julho 2013), que teve como vencedora a dupla BR’EZZ, que sempre tem tocado nas nossas festas. Desta vez voltamos a buscar novos talentos das pickupus!

1939700_830053787020176_2759082_n

Dupla BR’EZZ: Rafa Rezz e Breno Pinto

Vale a pena participar, a ideia é de unir a turma e se divertir. Monte sua dupla, faça sua playlist e mande para a gente até dia 30 de maio! Email de inscrição: pelamordiblog@gmail.com.

1965080_830060317019523_780264137_n 1920621_830058367019718_1595204980_n 1922454_830057490353139_164735881_n 1978909_830054907020064_628880289_n 971608_774592152566340_456703835_n 1471157_774588259233396_1237848906_n

Também abrimos espaço para PEDIDOS MUSICAIS. Nem sempre a gente lembra de tudo, então dá essa força para a gente e comente por lá (CLIQUE AQUI). E também, claro: confirme presença no evento. Lá iremos divulgar coisas bacanas e exclusivas para vocês. A gente adora quando vocês comentam.

Festa Rebobinar: Sexta-feira 13 | 13 de junho 2014 | 23h
Local: Saloon Pub (Rua Pará – Vieiralves – em frente à Subway)
Ingressos na hora: R$25 até 00h R$30 depois de 00h
Djs: Rafael Froner/ Luana Aleixo
Promoções: Você DJ, Lista de Aniversariantes ( contato 8159.9120) e Melhor Fantasia
Fantasia: não é obrigatória
Facebook: https://www.facebook.com/events/632849436805063
 

Então é isso! Nos vemos por lá!

#SaveTheDate: Nova Festa do Pelamordi no dia 7 de Dezembro!

A gente não pára, não pára não! Com intuito de divertir e proporcionar momentos únicos aos nossos leitores e amigos, já estamos preparando mais uma festa diferente para dezembro. Para bom entendedor um teaser basta. 


por Rafael Froner

Dia das Crianças: Quais os brinquedos que mais marcaram a infância?

Neste dia das crianças resolvi fazer algo de diferente. Como sou muito ligado a minha infãncia e vivo “rebobinando” seja musicalmente mas principalmente quando falo sobre programas de tv, desenhos e filmes do passado, resolvi fazer um post especial para vocês.

Considero a infância uma das épocas mais importantes (Freud explica) da vida de qualquer pessoa, normalmente somos moldados nesse período e teremos lembranças marcantes pelo resto da vida dessa época. 

Resolvi chamar alguns amigos para saber quais os brinquedos que mais marcaram a infância deles. Confira as respostas cheias de boas memórias:

André Menezes
Criativa e Publicitária

Eu sempre tive muuuuiiitooooos brinquedos e detonava todos, mamãe me chamava carinhosamente de Destruidora de Brinquedos. Porém, o brinquedo que eu mais amava era um gravador k7 com microfone chamado Meu primeiro Gradiente. Apesar de ter muitos, o que eu nunca tive e sempre quis ter foi um KitFrit, era uma espécie de “grill” onde você colocava água num guéri, bombeava e a água ía pra chapa e fazia tipo barulhinho de fritura.”

Rafa Rezz
Dono da super cool Rezz Camiseteria

“Sem duvida meu brinquedo favorito, como o de muita gente foram os blocos de montar da Lego. Tinha aqueles baldes com trocentas peças, que foram durante muito tempo meus grandes amigos. Minha familia é bastante jovem e passava muito tempo com meus tios que eram adolescentes, lembro de passar o dia todo montado as coisas mais inusitadas com eles por perto ouvindo muitas coisas que até hoje ouço e que me deram base pra cultura musical. Era bem legal ficar brincando ao som de Duran Duran, Smiths, U2, A-HA,Legião Urbana, Paralamas e tantas coisas boas.

Agora um brinquedo que nunca tive era um Lango Lango, uns monstrinhos tipo fantoche que brigavam com umas luvas de boxe. Eu cheguei a ter um ciclope roxo. Fiquei com ele por umas duas ou três horas perde-lo numa barraquinha de pipoca, nunca esqueço disso. Minha mãe ficou furiosa com meu relaxamento que não me deu outro e logo depois de um tempo eles pararam de ser fabricados. Isso me causou um trauma jamais superado. Estrela prfv volte a produzi-los pra eu me curar!” 

Natalia Charchar
Estudante de Arquitetura e empreendedora da Linho Cortinas

“O brinquedo que mais me marcou foi a minha primeira bicicleta, eu tinha 3 anos de idade eu amavaaaaa aquela bicicleta com todo o meu coração. Já o que sempre quis ter mas nunca teve? na época foi o playstation 1 logo quando lançaram era muito caro e meu pai não queria comprar”.


Sheila Benjamin
Relações Públicas e Atendimento Publicitário



Não fui muito de brinquedo, principalmente se fossem coisas de casinha. Eu gostava era de música, tv, cinema, livro e revista. O que eu mais desejei não foi um brinquedo mas sim um eletrônico da época: um walkman de rádio e fita k-7 da Sony, especificamente o vermelho. O que mais marcou foi um palhaço que eu MORRIA de medo, mamãe não queria jogar e ficava dentro de um armário que eu evitava desesperadamente abrir. Tava na cara o que eu seria hoje. Nunca curti a Barbie, preferia a Suzy.”

Yann
Profissional criativo e cantor



Eu era uma criança bastante excêntrica e tive muitas fases. Do meu vício por carrinhos, Donkey Kong no Super Nintendo, e até mesmo quando resolvi me voltar pra meditação e ter um altarzinho com deuses hindus aos 8 anos (!). Agora, não lembro exatamente de um brinquedo, por sorte sempre fui muito afortunado de acabar tendo o que queria, porém quando eu tinha uns 7 anos eu fui numa feira de animais e vi uma cobra para vender. Fiquei enlouquecido querendo uma cobra de estimação. Lembro que segurei ela, feliz da vida. Cheguei a convencer a minha mãe a comprar a cobra, mas meu pai – muito sensato – acabou censurando a idéia. Até porque na época eu ja tinha cachorro, hamster, papagaio e uma tartagura que eu tinha comprado escondido com a minha irmã mais velha. Zoologico ja tava cheio.”

Relembrar a infância é bom, né? Agora, me falem vocês, queridos leitores: quais brinquedos mais marcaram a infância de vocês? Comentem!

Agradeço aos amigos que participaram do post, em breve teremos mais posts como este. E, feliz dia das crianças para todos!

por Rafael Froner