Dia das Crianças: Quais os brinquedos que mais marcaram a infância?

Neste dia das crianças resolvi fazer algo de diferente. Como sou muito ligado a minha infãncia e vivo “rebobinando” seja musicalmente mas principalmente quando falo sobre programas de tv, desenhos e filmes do passado, resolvi fazer um post especial para vocês.

Considero a infância uma das épocas mais importantes (Freud explica) da vida de qualquer pessoa, normalmente somos moldados nesse período e teremos lembranças marcantes pelo resto da vida dessa época. 

Resolvi chamar alguns amigos para saber quais os brinquedos que mais marcaram a infância deles. Confira as respostas cheias de boas memórias:

André Menezes
Criativa e Publicitária

Eu sempre tive muuuuiiitooooos brinquedos e detonava todos, mamãe me chamava carinhosamente de Destruidora de Brinquedos. Porém, o brinquedo que eu mais amava era um gravador k7 com microfone chamado Meu primeiro Gradiente. Apesar de ter muitos, o que eu nunca tive e sempre quis ter foi um KitFrit, era uma espécie de “grill” onde você colocava água num guéri, bombeava e a água ía pra chapa e fazia tipo barulhinho de fritura.”

Rafa Rezz
Dono da super cool Rezz Camiseteria

“Sem duvida meu brinquedo favorito, como o de muita gente foram os blocos de montar da Lego. Tinha aqueles baldes com trocentas peças, que foram durante muito tempo meus grandes amigos. Minha familia é bastante jovem e passava muito tempo com meus tios que eram adolescentes, lembro de passar o dia todo montado as coisas mais inusitadas com eles por perto ouvindo muitas coisas que até hoje ouço e que me deram base pra cultura musical. Era bem legal ficar brincando ao som de Duran Duran, Smiths, U2, A-HA,Legião Urbana, Paralamas e tantas coisas boas.

Agora um brinquedo que nunca tive era um Lango Lango, uns monstrinhos tipo fantoche que brigavam com umas luvas de boxe. Eu cheguei a ter um ciclope roxo. Fiquei com ele por umas duas ou três horas perde-lo numa barraquinha de pipoca, nunca esqueço disso. Minha mãe ficou furiosa com meu relaxamento que não me deu outro e logo depois de um tempo eles pararam de ser fabricados. Isso me causou um trauma jamais superado. Estrela prfv volte a produzi-los pra eu me curar!” 

Natalia Charchar
Estudante de Arquitetura e empreendedora da Linho Cortinas

“O brinquedo que mais me marcou foi a minha primeira bicicleta, eu tinha 3 anos de idade eu amavaaaaa aquela bicicleta com todo o meu coração. Já o que sempre quis ter mas nunca teve? na época foi o playstation 1 logo quando lançaram era muito caro e meu pai não queria comprar”.


Sheila Benjamin
Relações Públicas e Atendimento Publicitário



Não fui muito de brinquedo, principalmente se fossem coisas de casinha. Eu gostava era de música, tv, cinema, livro e revista. O que eu mais desejei não foi um brinquedo mas sim um eletrônico da época: um walkman de rádio e fita k-7 da Sony, especificamente o vermelho. O que mais marcou foi um palhaço que eu MORRIA de medo, mamãe não queria jogar e ficava dentro de um armário que eu evitava desesperadamente abrir. Tava na cara o que eu seria hoje. Nunca curti a Barbie, preferia a Suzy.”

Yann
Profissional criativo e cantor



Eu era uma criança bastante excêntrica e tive muitas fases. Do meu vício por carrinhos, Donkey Kong no Super Nintendo, e até mesmo quando resolvi me voltar pra meditação e ter um altarzinho com deuses hindus aos 8 anos (!). Agora, não lembro exatamente de um brinquedo, por sorte sempre fui muito afortunado de acabar tendo o que queria, porém quando eu tinha uns 7 anos eu fui numa feira de animais e vi uma cobra para vender. Fiquei enlouquecido querendo uma cobra de estimação. Lembro que segurei ela, feliz da vida. Cheguei a convencer a minha mãe a comprar a cobra, mas meu pai – muito sensato – acabou censurando a idéia. Até porque na época eu ja tinha cachorro, hamster, papagaio e uma tartagura que eu tinha comprado escondido com a minha irmã mais velha. Zoologico ja tava cheio.”

Relembrar a infância é bom, né? Agora, me falem vocês, queridos leitores: quais brinquedos mais marcaram a infância de vocês? Comentem!

Agradeço aos amigos que participaram do post, em breve teremos mais posts como este. E, feliz dia das crianças para todos!

por Rafael Froner

Boa Ação Manaus: Dia das Crianças Abrigo Moacyr Alves!

Sei que todos de vocês já foram crianças serelepes um dia, cheios de energia e brinquedos que até hoje dão saudade. Sendo assim, porque não proporcionar um pouco do que tivemos com os outros? 
D. Mariza com 1 dos seus 50 filhos – infos.
Alguns amigos começaram com a iniciativa beneficente em prol do abrigo Moacyr Alves, que acolhe e promove atividades educacionais e culturais para crianças com necessidades especiais.

Vamos participar?

Estamos promovendo a doação de brinquedos, fraldas, livros e leite até dia 12, sexta-feira. Assim como um tempo, para conhecer melhor a instituição e passar um tempo com as crianças, no sábado, 10h da manhã.

Onde posso doar? Os pontos de coleta: 

• Jornal A Crítica – av. André Araújo 1924 – A, Aleixo – Cidade das Comunicações.


• NeoTrends – rua Rio Javari,264, sala 4 – Vieiralves

• Loja Centopeia – rua João Valério, 245, Vieiralves – Shopping Number One

Vamos divulgar a ideia, ainda podemos fazer muitas crianças felizes no dia 12.

• Mais informações: página do evento no Facebook.

Por Rafael Froner
@rafafroner